Matthew Theodoris repete vitória no Open DIÁRIO

  • Imprimir
Paulo Alexandre ficou em segundo e João Caiano em terceiro. Placa A para Paulo Marques e Placa B para Miguel Camacho.

Paulo Alexandre foi o finalista batido, por 0-3, num jogo que teve momentos de muita qualidade

Terminou ontem, nos campos do Onda Vital, e com organização do Madeira Squash Clube, o VII Open DIÁRIO, competição que contou com atletas de grande valor convidados pela equipa organizativa, aos quais se juntaram muitos jogadores da Região, que aproveitam sempre este contacto para evoluir.
A antecipar a grande final, disputaram-se os jogos da Placa B, em que o vencedor foi Miguel Camacho, depois de bater Tózé Fernandes, por 3-2, e da Placa A, na qual ganhou Paulo Marques ao derrotar Paulo Oliveira, por 3-0.
Já no primeiro encontro das meias-finais, Paulo Alexandre superou João Caiano, por 3-2, referindo-se na ocasião que o vencedor da partida, a viver actualmente em Espanha, tem registado apenas participações esporádicas em torneios e, como tal, a presença na final era quase uma surpresa. Este jogo demorou uma hora e quarenta minutos sendo um jogo muito técnico e com exelentes momentos de squash.
Na outra meia-final, Matthew Theodoris ganhou Timmy Broad, que fazia o seu regresso à modalidade, por 3-1.
Assim, os derrotados encontraram-se para a disputa dos 3.º e 4.º lugares do VII Open DIÁRIO, com João Caiano a ficar com o degrau inferior do pódio, depois de vencer Timmy Broad, por 3-1.

THEODORIS CATEGÓRICO

A esperada final teve momentos de grande nível, com Paulo Alexandre a valorizar bastante a vitória de Matthews Theodoris, dando excelente réplica em todos os "sets", cujos resultados finais (6/9, 7/9 e 7/9) espelham bem essa tentativa. O vencedor revelou atributos que justificaram plenamente mais uma vitória no Open DIÁRIO.