Ricardo Sardinha pela primeira vez

  • Imprimir

Assim foi, a penúltima etapa do “Circuito Regional Squash A62 Hotel Amenities” teve um desfecho inédito e que veio demonstrar não só a imprevisibilidade dos resultados que tem estado bem patente ao longo de toda a época, mas sobretudo o equilíbrio que vem sendo nota dominante entre os atletas regionais. Ricardo Sardinha estreou-se assim a vencer numa prova muito exigente e onde veio ao de cima a excelente forma física deste atleta, reconhecida por todos e que o torna um dos mais “temidos” adversários do atual panorama regional da modalidade. Em claro ascendente e com uma evolução digna de registo no seu squash, Ricardo Sardinha bateu na final outro dos atletas que vem evidenciando grande evolução também ao longo das últimas provas – Milton Teixeira. Ambos protagonizaram uma final inesperada e emocionante, com bons momentos técnicos e pontos muito disputados. Sardinha teve um melhor arranque na derradeira partida vencendo o primeiro set por 11-6 mas prontamente Milton Teixeira equilibrou a contenda vencendo o segundo set por 11-8. O terceiro e quarto sets foram conquistados por Ricardo Sardinha com os parciais de 11-8 e 11-6, consagrando-o assim como merecido vencedor do “Galo Resort Squash 2014”!

A alegria de Ricardo Sardinha era por demais evidente no final, ou não fora este um prémio há muito perseguido e que quis o destino, fosse alcançado numa prova especial em “casa”, no torneio que é apadrinhado pela cadeia Galo Resort Hotels, onde está integrado o ginásio Onda Revital Club, infra-estrutura em que Sardinha é o principal responsável. Foi assim uma final disputada por dois dos principais impulsionadores do squash regional, que muito fizeram por merecê-la, brindando os presentes com um extraordinário exemplo do dinamismo e qualidade crescente do squash regional.
Não menos importante nesta etapa, é o facto de Ricardo Santos que partia com indiscutível favoritismo para a conquista deste torneio, ter-se sagrado já vencedor precoce do “Circuito Regional Squash A62 Hotel Amenities” apesar da terceira posição que alcançou nesta prova. A ausência de Rui Catanho (que disputou no Porto este fim de semana o campeonato nacional de segundas categorias alcançando uma brilhante sexta posição) e a prova menos conseguida de Paulo Oliveira (terceiro do rk regional), determinam que Ricardo Santos parta para a última prova da época como vencedor do circuito regional de squash de 2014. Ricardo Santos foi batido por Ricardo Sardinha nas meias finais e assim disputou com Bruno Silva, a terceira posição que viria a alcançar. Bruno Silva travou uma verdadeira “batalha” com Milton Teixeira na outra meia final, saindo derrotado e partindo para a ultima partida mais desgastado que o seu adversário.
Os restantes quadros competitivos foram conquistados por Diogo Abreu (Placa A) que na final bateu António Gonçalves por 2-1 numa partida muito bem disputada até ao final e onde qualquer um dos atletas poderia ter triunfado. Já Marco Spínola, a braços com uma lesão neste torneio, viu-se arredado para a Placa B que disputou até à final onde bateu Marco Freitas por 2-0.
No final e por ocasião da entrega dos troféus, o diretor de prova Marco Spínola endereçou agradecimentos aos patrocinadores oficiais da principal competição regular da modalidade, as Empresa “A62 Hotel Amenities”; “Rede T” e “Tecnifibre”, enaltecendo ainda “o papel preponderante da Galo Resorts Hotels para com o squash regional, pelo seu apoio de vários anos à modalidade e disponibilidade com que nos tem recebido no ginásio Onda Revital, infra-estrutura que se tem constituído como um dos principais locais de prática do squash na Madeira, dotada de excelentes condições”. Terminou parabenizando todos os atletas e agradecendo aos muitos simpatizantes que ao longo dos dois dias de prova puderam presenciar as partidas que tiveram lugar naquele espaço. Spínola endereçou uma felicitação especial a Ricardo Sardinha não só pelo seu primeiro triunfo mas “pelo contributo que tem dado à modalidade quer no papel organizativo que tem muito bem desempenhado quer pela abertura ao squash por parte do espaço desportivo que dirige, permitindo a realização de vários eventos ao longo de toda a época, que doutro modo não seriam possíveis”. Ricardo Sardinha, enquanto representante da “Galo Resorts Hotels” manifestou a sua disponibilidade para continuar a receber e a promover o squash regional pois “só assim se torna possível assegurar a captação de novos atletas e assim dinamizar a infra-estrutura desportiva existente”. Milton Teixeira, um dos principais agentes da modalidade no espaço nacional, vice-presidente da ATMAD e Federação Nacional de Squash, endereçou os “parabéns a toda a organização do evento e a todos quantos permitem que hoje o squash atinja um dos seus melhores momentos de sempre na região, sendo para tal imprescindíveis os apoios de todos quantos confiam na modalidade e na capacidade mobilizadora de todos quantos a dirigem”.
A ultima etapa do “Circuito Regional Squash A62 Hotel Amenities” terá lugar na última semana deste mês, associando-se mais uma vez este ano ao “dia mundial de luta contra a SIDA” e antecede o campeonato nacional de veteranos que este ano decorrerá na nossa região no primeiro fim de semana de Dezembro.
Voltaremos em breve…até lá…bons treinos!